Os recursos empregados na composição de uma casa dependem muito dos efeitos valorizados pelos moradores. Saber como ampliar ambientes pequenos, por exemplo, é fundamental a quem deseja aproveitar melhor o espaço interno.

Se esse é o seu objetivo, combine elementos que resultem em uma decoração adequada a locais menores. Para ajudar, listamos alguns truques que podem deixar seu lar mais espaçoso e visualmente agradável. Veja abaixo!

1. Combine espelhos e cores claras

Tetos, pisos e paredes com acabamento branco são ótimas opções para áreas compactas, pois refletem melhor a luz. Isso proporciona amplitude, ou seja, a sensação de que os recintos são maiores.

Variações de cores claras e pouco saturadas, como os tons pastéis, também funcionam nesses casos. Para complementar, a dica é instalar espelhos grandes em áreas menores. Tais objetos refletem a luz natural e artificial, contribuindo para um aspecto de “local ampliado”.

2. Integre duas ou mais áreas da residência

Essa estratégia pode ser colocada em prática de duas maneiras. Se você já tem áreas integradas e acredita que elas possam ficar mais harmônicas, a sugestão é padronizar as cores dos acabamentos presentes nesses locais.

Manter pisos, paredes e detalhes (rodapés e sancas) com o mesmo tom ou tipo de material cria uma ideia de continuidade. Em outras palavras, a percepção passa a ser de unidade, como se todos os pequenos espaços se transformassem em um grande salão.

A segunda opção é alterar o layout da residência, eliminando as paredes que dividem os ambientes. Você pode compor uma sala integrada com cozinha ou varanda para obter mais alguns centímetros.

Apenas tenha em mente que mudanças estruturais exigem o acompanhamento de um profissional especializado. Portanto, chame um arquiteto ou engenheiro para verificar a possibilidade de remover as divisórias com segurança.

3. Altere a disposição da mobília e dos tapetes

Móveis baixos e com design simples (reto) são os mais indicados a quem quer saber como ampliar ambientes pequenos. Isso porque criam linhas horizontais que parecem estender o tamanho dos cômodos.

Powered by Rock Convert

Se você não tem condições de trocar alguns exemplares da mobília, altere a disposição das peças existentes. Armários e estantes muito altos devem ficar afastados de portas e janelas, para que não bloqueiem a entrada de luz.

Os tapetes também merecem cuidados. Tente não usar os modelos pequenos e mantenha-os com as extremidades embaixo dos móveis que circundam. Assim, você evita pequenas “quebras” que dividem o piso e passam a impressão de encolhimento.

4. Mantenha o máximo de itens no espaço vertical 

Preencher o cômodo com móveis fixos ou portáteis compromete boa parte da área disponível para uso dos moradores. Nessas situações, é comum que os corredores de passagem fiquem estreitos e pouco funcionais.

Uma alternativa para eliminar o excesso de volume sobre o piso é transferir alguns elementos para o espaço vertical. As paredes muitas vezes são negligenciadas, mas podem ter inúmeras funções quando bem utilizadas.

Aproveite essas superfícies para instalar suportes e apoiar objetos. Um conjunto de nichos é capaz de transformar o banheiro e fornecer compartimentos para guardar produtos. Da mesma forma, quartos e cozinhas podem receber ganchos e prateleiras para pendurar uma série de pertences ou utensílios.

5. Invista em boas soluções de iluminação

A claridade ideal faz toda a diferença na percepção que temos de um ambiente. Assim como faríamos com os materiais e revestimentos, é possível brincar com a posição das luzes artificiais para obter o melhor efeito.

Quando o objetivo é ampliar, vale a pena apostar na distribuição de diferentes pontos de luz em forros, pisos e paredes. Esse cuidado garantirá uma claridade homogênea para aumentar a sensação de espaço grande e destacar elementos importantes.

Soluções como o rebaixo de teto são muito interessantes mas podem diminuir o ambiente, já que reduzem a altura do pé-direito. Então, tente manter as superfícies (verticais e horizontais) dos ambientes como estão e apenas disponha as luminárias sobre elas.

Agora você já sabe como ampliar ambientes pequenos sem deixar o bom gosto de lado, certo? Também tome cuidado para não sobrecarregar os recintos com um excesso de itens decorativos, pois isso gera poluição visual ou aspecto de bagunça.

Curtiu as nossas dicas? Comente se ficou com alguma dúvida ou conhece outro truque que merecia aparecer na lista!