A iluminação em um ambiente precisa levar em conta não somente a parte estética, como também a função que terá. Logo, se você tem o hábito de ler, é essencial que escolha com muita atenção a iluminação para leitura. Do contrário, poderá ter problemas, como desconforto visual, queda na concentração e ardência nos olhos.

Para isso, é necessário levar em conta a intensidade da luz, o tipo de lâmpada e o modelo de luminária. É sobre isso que trataremos neste artigo. Acompanhe nossas dicas e saiba como fazer a iluminação adequada, aumentando, assim, seu tempo de leitura e a motivação para estudar. Confira!

Conheça a intensidade ideal

A luz natural é a mais adequada para a leitura. Entretanto, nem sempre isso é possível devido aos horários que você tem disponíveis para a atividade. Assim, é preciso utilizar uma luz artificial cuja intensidade seja a ideal.

Sendo assim, preze pelo equilíbrio. Afinal, quando muito forte, a luz faz com que as pupilas se fechem para diminuir a quantidade na retina, dificultando o processamento das imagens. Por sua vez, quando muito fraca, faz com que a vista seja forçada, podendo causar problemas de visão futuramente.

Esses dois extremos são prejudiciais à saúde dos olhos e ainda provocam dores de cabeça, cansaço visual e, consequentemente, prejudicam a concentração e a disposição para manter a leitura ou o estudo. Então, a intensidade ideal é a mais próxima da luz natural.

Powered by Rock Convert

Saiba quais lâmpadas utilizar

Como há uma grande variedade de tipos de lâmpadas no mercado, é preciso saber escolher a mais indicada para a iluminação para leitura. Antes de qualquer decisão, é preciso saber o horário da leitura e a finalidade. Se for para estudo ou trabalho durante o dia, a melhor opção são as brancas (ou frias) porque estimulam a atenção e a concentração. Já as de tom amarelado favorecem o relaxamento e são ideais para qualquer leitura para lazer e que seja feita à noite.

Prefira as lâmpadas LED, pois elas são as mais duráveis e econômicas, e não emitem calor. Existem em várias versões que reproduzem fielmente as lâmpadas halógenas, incandescentes e fluorescentes nas suas respectivas temperaturas de cor.

Escolha a luminária correta

Além de enriquecer a decoração e promover o aconchego do ambiente, as luminárias são indispensáveis para a leitura. O modelo dependerá especialmente dos móveis, do décor e do cômodo. Assim, se você costuma ler em uma escrivaninha, o ideal é uma luminária de mesa. Dessa maneira, é possível direcionar a luz para o livro.

Também pode-se utilizar um pendente com a iluminação dirigida diretamente para o objeto da leitura, sem criar sombras. Se o local escolhido para a atividade é uma poltrona, sofá ou divã, uma luminária de chão ou coluna ficam perfeitas. Já os abajures ficam melhores em mesinhas laterais. No entanto, verifique se a altura da peça proporciona a iluminação correta do livro. Para que a luz não incomode, deixe-a a cerca de 50 cm das páginas.

Enfim, com as nossas dicas de iluminação para leitura, certamente, você conseguirá fazer as melhores escolhas de luminosidade, lâmpadas e luminárias. Assim, sua saúde visual e a produtividade nos estudos e livros não serão prejudicadas, o que estimulará cada vez mais esse hábito.

Se você gostou deste artigo e quer saber ainda mais sobre decoração e iluminação, acompanhe outras dicas incríveis seguindo nossas páginas no Facebook e no Instagram!