Powered by Rock Convert

Sabe quando você faz uma foto e a luz não parece muito boa? Bastante frustrante, não é? A luz é o principal elemento de uma fotografia e quando ela não está bem ajustada, o resultado não é muito positivo. Contudo, se você pensa que, para conseguir uma iluminação para fotografia ideal, precisa de equipamentos profissionais, pode mudar de ideia!

Por mais que qualquer equipamento facilite a nossa vida, eles não são fundamentais. Assim, confira agora 10 dicas para você conseguir uma boa iluminação para fotografia na sua casa!

1. Use as janelas

Não há melhor iluminação do que a luz natural. Sendo assim, usar a claridade que entra pela sua janela da sala de estar como iluminação principal para a sua fotografia é uma ótima ideia. Ela funciona muito bem para esse fim, porque assume o papel de uma iluminação extensa e, quanto maior for a fonte de luz que o ilumina, mais difusa e suave ela será.

Essas são características que você deve perseguir sempre na sua iluminação caseira. A não ser que você esteja procurando um resultado muito dramático, como em um filme de suspense, a ideia é não usar luzes muito duras e marcantes, porque elas produzirão sombras com as mesmas características. Sendo assim, foque em uma luz mais suave.

2. Tenha cuidado com o contra luz

Se o seu objetivo for obter um efeito de silhueta, tudo bem. Se não, evite se posicionar contra uma fonte de luz. Ou seja, não tire foto de costas para janelas, abajures ou qualquer outra fonte de luz forte, porque o resultado será uma fotografia em que só se vê a silhueta.

Assim, posicione-se de frente a essas fontes de luz ou, ao menos, de lado, para que os seus raios luminosos não gerem sombra.

3. Use as fontes de luz da sua casa

Se não houver um espaço bom com uma janela para fazer a foto ou se estiver de noite, a dica é usar as fontes de luz da sua casa. Posicione o seu abajur, luminária de escritório, ou o que mais cumprir a função, de frente para você. Desse modo, você ficará bem iluminado.

Pode ser uma boa ideia apagar outras luzes que estejam mais atrás. Sabe quando há lâmpadas acesas ao fundo e a foto fica com pontos brilhantes que interferem na qualidade da sua imagem? Nesse caso, elimine essas distrações. Deixe iluminado apenas o que você quiser que apareça.

4. Posicione a luz acima de você

Uma dica para quando você for usar alguma luz externa de apoio é posicioná-la acima de você. Se não tiver como, posicioná-la à sua frente já será bom o suficiente, porém, tente não fazer a luz vir de baixo.

Isso causa algumas sombras bem esquisitas no seu rosto. E evite uma luz que fique exatamente sobre você, como a que vem de lustres, por exemplo, já que ela também causa sombras não agradáveis.

5. Trabalhe com sombras

Os efeitos das sombras é um dos principais elementos a serem trabalhados na fotografia. Elas trazem mais dramaticidade e impacto para a imagem. Nesse caso, a iluminação natural vinda das janelas é bastante útil para criar o efeito, mas para isso é necessário ter janelas e grades para criar o efeito desejado.

A iluminação por meio de spots e luminárias de chão, por exemplo, também ajudam na criação do contraste quando não for possível utilizar a luz natural. Inclusive, isso permitirá uma composição mais harmônica entre os elementos.

6. Brinque com a luz

Ainda falando em sombras, que tal brincar com a luz? Sabe aquele abajur que você tem? Coloque-o em posições diferentes de onde você está localizado, isso ajudará a trazer efeitos variados de iluminação para fotografia.

Inclusive, se for possível, regule o brilho para testar diferentes luminosidades para a foto em questão. Você verá o quanto poderá trabalhar uma mesma imagem, deixando-a com efeitos distintos.

7. Crie efeitos de lens flare

O lens flare é na verdade um defeito ótico causado pela entrada de luz diretamente através das extremidades de uma lente. Ele tem a capacidade de causar algumas manchas de luz em formatos variados.

Tal “defeito” é utilizado muito na fotografia a fim de deixar a imagem mais quente e colorida. Para poder criá-lo é possível utilizar uma lanterna ou isqueiro (cuidado com o manuseamento).

8. Atente-se aos horários para fotografar

É muito importante estar atento ao horário em que serão feitas as fotografias a fim de garantir que elas tenham um efeito diferenciado. Quando se trata de iluminação, a luz do meio dia, por exemplo, tende a criar sombras fortes nos objetos, trazendo uma série de contrastes.

Se a foto for tirada próxima ao pôr do sol, as imagens ficarão com um aspecto mais alaranjado, criando um efeito de aconchego e trazendo mais mágica às fotografias. A esse momento do dia damos o nome de Golden Hour ou hora dourada. Por isso, considere as suas intenções na hora de optar pelo melhor horário.

9. Adote as Ring Lights

Provavelmente, você já deve ter visto algum tutorial na internet que ensina como fazer maquiagem. Eles focam em detalhes do rosto por meio da iluminação, o que é possível quando se tem uma luz direcionada boa trabalhando.

Da mesma maneira, se a sua intenção é fazer retratos focados no rosto, vale a pena apostar nas Ring Lights. Elas são anéis de madeira com várias lâmpadas, que permitem iluminar a face de maneira homogênea. Inclusive, elas servem também para quem gosta de dar destaque a objetos durante uma fotografia.

10. Evite flashes

Dependendo da intensidade do flash, ele pode criar um efeito estranho a sua fotografia. Se for uma imagem mais de rosto, pode parecer que a pessoa está assustada, e essa não é a intenção, certo?

Logo, quanto melhor a iluminação para fotografia, mais fácil ficará. Se for impossível não usar o flash, ajuste-o para que a luz não fique tão intensa. Outra opção é usar difusores, a fim de que a luz se “espalhe” de maneira uniforme.

Está vendo só? Usando apenas o que você já tem em casa, é possível produzir imagens bem iluminadas. Utilize as nossas dicas e, certamente, suas fotos em casa ficarão melhores.

Gostou das dicas sobre iluminação para fotografia? Quer receber mais conteúdos como este em primeira mão? Então assine a nossa newsletter!