Saiba como deixar a iluminação da cozinha ainda melhor!

Saiba como deixar a iluminação da cozinha ainda melhor!

Se o assunto é iluminação de ambientes internos, muitas pessoas voltam a sua atenção para o planejamento luminotécnico das salas e dos quartos e acabam deixando a cozinha de fora da organização. Acontece que a luz nesse ambiente é uma das principais variáveis que garantem a sua segurança ao cozinhar, já que iluminam corretamente o espaço.

Então, como realizar implantar corretamente a iluminação para cozinha? Para responder a essa pergunta, desenvolvemos este conteúdo com as melhores dicas que ajudarão você a construir uma iluminação perfeita que permitirá o preparo de alimentos deliciosos para você e sua família. Acompanhe!

Tenha uma boa estratégia de iluminação para cozinha

Para começar, não poderíamos deixar de falar sobre a construção de uma boa estratégia no seu projeto, não é verdade? Uma das melhores técnicas para ter excelentes focos luminosos na sua cozinha é separar a iluminação por tipo, cor e intensidade. Nesse sentido, as tonalidades mais fortes devem ser direcionadas para os lugares com maior manuseio de alimentos.

Por outro lado, as mais fracas servem para suavizar o ambiente e devem ser aplicadas nas áreas de circulação. Aqui, você pode investir em fitas de LED nas sancas ou mesmo trilhos de luz com uma tonalidade mais sutil. Assim, esse espaço fica otimizado sem perder de vista o aconchego que deve ter.

Aproveite a iluminação natural

Esta é a primeira dica específica. Se existe uma boa iluminação natural nesse ambiente, por que não utilizá-la? Além de ser extremamente funcional, você consegue otimizar espaço no seu ambiente, aumentar a ventilação naquele cantinho mais úmido e economizar mensalmente com a energia elétrica. Só depois de identificar quais serão os focos aclarados de forma natural é possível elencar os lugares em que as lâmpadas entrarão.

Por isso, a nossa dica é conversar com o arquiteto responsável pelo projeto luminotécnico e encontrar as melhores formas de aproveitar a entrada de luz natural. Aos poucos, é possível montar um planejamento que equilibre esses dois elementos na sua cozinha.

Invista em trilhos de luz

Inicialmente, os trilhos de luz se tornaram tendências na decoração minimalista e escandinava, mas foram aprimorados com o passar do tempo. Hoje, esse recurso de iluminação se tornou uma excelente alternativa para a cozinha pois, ao mesmo tempo que economiza espaço, permite a direção do foco luminoso para diversos cantos do ambiente.

Para complementar, é possível harmonizar os trilhos de luz com spots de forma a destacar uma região específica da sua cozinha. É uma excelente estratégia de iluminação e, de quebra, você consegue montar uma decoração diferenciada e cheia de personalidade. Lembre-se, no entanto, de combinar a temperatura das lâmpadas para deixar o ambiente ainda mais acolhedor.

Utilize fitas de LED em armários, prateleiras e bancadas

Outra possibilidade de iluminação que tem um efeito estético muito atraente é a utilização de fitas de LED nos armários, prateleiras e bancadas. Além de ser uma excelente forma de iluminar a região do preparo de alimentos, você consegue destacar a sua mobília de uma maneira diferente.

E mais: por serem contínuas, as fitas auxiliam na localização de alimentos e utensílios que são mais difíceis de acessar. Isso faz com que o trabalho seja otimizado, reduzindo o seu tempo na cozinha e diminuindo o risco de acidentes em função do mau uso do ambiente culinário.

Ter uma boa iluminação para cozinha vai muito além de conquistar um ambiente bem decorado. É uma questão de segurança e bem-estar naquela hora especial de produzir receitas saborosas. Por isso, lembre-se de contar com a ajuda de um excelente profissional para orientá-lo na construção do seu projeto, combinado?

E então? Gostou das nossas dicas? Aproveite para continuar a leitura no nosso blog e descubra quais são os melhores pontos turísticos de Campinas!

Como escolher abajur de acordo com as minhas necessidades? Confira

Como escolher abajur de acordo com as minhas necessidades? Confira

Se você tem dúvidas sobre como escolher abajur, saiba que a principal dica é ter informações a respeito do tipo de iluminação que cada modelo pode oferecer. Quem quer um abajur para facilitar a leitura, por exemplo, deve apostar em um modelo que ofereça luz focada, a fim de tornar o ato de ler mais prazeroso e produtivo.

Por isso, que tal ler sobre as melhores dicas sobre o tema? Continue a leitura deste post e aprenda o que analisar na hora de escolher o produto ideal para você!

Abajur para leitura

Assegurar uma boa iluminação é muito importante para conseguir aproveitar ao máximo o prazer da leitura. Nesse caso, o recomendado é apostar em um modelo com luz focada e, ao mesmo tempo, atentar-se para a posição do objeto.

É preciso evitar que o próprio corpo ou algum móvel tampe parcialmente a fonte de luz. Da mesma maneira, é incômodo que os raios incidam diretamente nos olhos. Por isso, lembre-se de buscar por um abajur que ofereça uma boa iluminação e investigue o melhor local para posicioná-lo, de maneira a não forçar a visão.

Abajur para sala

O modelo de cúpula é uma boa opção para quem quer iluminar o ambiente da sala. Além de elegante, o objeto ajuda a trazer conforto e relaxamento por meio de uma luz mais baixa e difusa.

Para acertar na escolha, não se esqueça de avaliar o tamanho da cúpula, comparando-a com as dimensões do pé do abajur. O recomendado é que a cúpula tenha a metade da dimensão do pé. Assim, fica mais fácil manter a proporcionalidade. 

Abajur para banheiro

Pensar em alternativas para a iluminação dessa parte da casa ajuda a trazer um diferencial para o aposento de maneira simples e original. A luz adequada pode contribuir para relaxar o banho e projetar um cenário mais intimista.

Para tanto, procure por abajures com lâmpadas mais quentes e que ofereçam iluminação indireta. Um abajur de canto ao lado de uma banheira, por exemplo, pode ser uma ideia para quem quer unir conforto e sofisticação.

Vale lembrar que é também muito importante levar em consideração o estilo dos móveis e de cada aposento antes de escolher o melhor produto.

Há, no mercado, abajures clássicos, com cores tradicionais, opções rústicas, feitas de fibras naturais, e modelos coloridos e com formas contemporâneas. Por isso, ademais de pensar na finalidade e no tipo de iluminação ideal para cada circunstância, não se esqueça de avaliar também a decoração da casa. 

Viu só como algumas dicas simples ajudam a aprender como escolher abajur de acordo com as suas necessidades? Com uma ideia clara dos seus objetivos e um pouco de informação a respeito do tema, fica fácil usar esse acessório como peça central para melhorar tanto o visual quanto o conforto do lar.

Gostou do material que preparamos para você? Então aproveite a oportunidade de conhecer mais sobre o assunto e veja também o que é o ciclo circadiano e qual é sua importância para a criação de uma atmosfera diferenciada em sua casa!